Vestibular da UFS vai acabar em 2012

28-05-2011 00:42

Decisão não contempla o Sisu; vestibular de 2012, que será em novembro deste ano, não sofre alteração.

O Conselho do Ensino, da Pesquisa e da Extensão da UFS (Conepe) aprovou na manhã desta sexta-feira, 27, a regulamentação do processo seletivo para o ingresso nos cursos de graduação a partir de 2013. A proposta contempla a adoção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de avaliação de desempenho dos candidatos às graduações presenciais, mas sem adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O vestibular de 2012, que vai ocorrer de 27 a 30 de novembro deste ano, será o último a ser aplicado da forma tradicional.

O Sisu é o sistema gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC) por meio do qual as instituições participantes selecionam estudantes pela nota do Enem. Em 2011.1, participam do Sisu 83 instituições de ensino superior. A UFS decidiu não fazer parte desta lista. Isso quer dizer que a Coordenação de Concurso Vestibular da UFS (CCV) continuará responsável pela inscrição local e divulgação do resultado, já que receberá e processará os dados do Enem.

Toda a operação quanto à realização das provas - como confecção, aplicação, distribuição etc. - ficará a cargo do MEC. O candidato, desta forma, tem que fazer duas inscrições: uma no Enem e outra na CCV. A CCV prevê que a inscrição chegue a R$ 15. Este ano o Enem cobrou R$ 35.

Segundo a nova resolução, poderão se inscrever no processo seletivo exclusivamente os candidatos inscritos no último Enem do ano imediatamente anterior ao qual o concurso se refere e que no ato da inscrição tenham ou estejam concluindo o ensino médio. No próximo ano, o MEC vai realizar duas edições da prova: uma no primeiro e outra no segundo semestre. O resultado desta última prova seria o primeiro a ser adotado pela UFS.

Ainda segundo a resolução, o candidato só poderá inscrever-se em apenas uma opção de curso, exceto o candidato ao curso de Música, que deverá, no ato da sua inscrição, definir uma reopção de curso. Esse estudante vai submeter-se a um conjunto de provas teórico-práticas de conhecimentos específicos a serem elaboradas e realizadas pelos professores do Núcleo de Música da UFS. Os dados serão processados pela CCV.

Em seu parecer, o relator do processo, professor Cláudio Macêdo, concluiu que “o Enem se propõe a avaliar habilidades gerais dos alunos com foco na capacidade de leitura, interpretação de texto e na aplicação de conceitos dos estudantes, que com a adoção do Enem a UFS deixa de enfrentar as dificuldades inerentes à logística de elaboração e aplicação das provas, e que a comunidade ganha a facilidade de poder fazer as provas em diferentes locais do país, sou de parecer favorável à aprovação da resolução para regulamentar o processo seletivo para o ingresso nos cursos de graduação da UFS a partir de 2013”.

O exame

Estão abertas até 10 de junho as inscrições para o Enem de 2011, que terá provas nos dias 22 e 23 de outubro. As inscrições são feitas pela internet. No próximo ano haverá duas edições: uma nos dias 28 e 29 de abril e a outra ainda em data a ser definida. Segundo o MEC, é provável que seja realizada em novembro, após as eleições municipais.

O Enem é estruturado em quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha, e uma redação. As provas dividem-se por áreas do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias, que avaliam História, Geografia, Filosofia e Sociologia; Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que avaliam Química, Física e Biologia; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação, que tratam de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (inglês ou espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação; e Matemática e suas Tecnologias, que avaliam componentes curriculares de Matemática.

Vagas remanescentes

Aprovada pelo Conepe em junho de 2009, a resolução que destina as vagas remanescentes – aquelas que sobram do processo seletivo – para o Enem continua a vigorar para o processo seletivo de 2012.

Vestibular 2011

A última edição do vestibular tradicional vai ocorrer de 27 a 30 de novembro. A CCV prevê que o edital seja divulgado em julho. O vestibular 2011 ofereceu 5.260 vagas em 102 opções de cursos, distribuídos nos campi de São Cristóvão, Itabaiana, Laranjeiras e Lagarto. Neste campus houve o primeiro processo seletivo com 300 vagas nos cursos de Farmácia, Nutrição, Enfermagem, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Medicina deve entrar na seleção para Lagarto em 2012, assim como Odontologia, desde que receba parecer favorável do Conselho Nacional de Saúde. A reunião para apreciar tal proposta não tem data definida. Ambos os cursos tiveram as propostas de abertura aprovadas pelo MEC; veja aqui.

Cotas

A nova resolução não altera o Programa de Ações Afirmativas, que instituiu a política de cotas ao destinar 50% das vagas a estudantes de escolas públicas municipais, estaduais ou federais. Destas, 70% reservam-se a estudantes que se auto-declaram pardos, índios ou afro-descendentes. Cada curso de graduação oferta, ainda, uma vaga para candidatos portadores de necessidades educacionais especiais.

Fim do PSS

Em agosto de 2010, o Conepe aprovou o fim gradativo do Processo Seletivo Seriado (PSS). A partir do vestibular de 2011, não houve mais inscrição para candidatos da 1ª série do ensino médio. Na próxima edição do vestibular, que vai acontecer em novembro deste ano, ocorrerá o mesmo com os alunos da 2ª série. A partir de 2013 entra o Enem.

Cursos a distância

A nova resolução não contempla o processo seletivo dos cursos da educação a distância, cuja seleção é separada do vestibular tradicional.

Fonte: Jornal da Cidade

Voltar