TAÇA PIRAMBU: Santos Bi-Campeão (1988/89)

31-05-2011 02:47

Ao conquistá-la, alvinegro praiano sagrou-se tri-campeão municipal de futebol (1983, 88, 89), e melhor time dos anos 80 

Santos foi o primeiro bi-campeão de futebol em Pirambu

Dentro da Série de artigos sobre a História das Competições de Futebol promovidas em Pirambu, nesta data vamos relembrar as duas primeiras edições (de um total de três) da Taça Cidade de Pirambu, competições promovidas e realizadas pela Liga Pirambuense de Futebol, presidida pelo desportista Roberto José de Carvalho Sobrinho (o Roberto Gordo).

Em sua primeira edição, realizada no ano de 1988, disputaram a 1ª Taça Cidade de Pirambu, que cronologicamente correspondia ao 4º Campeonato Municipal de Futebol, fora disputada por Santos, Guarany, Internacional, São Paulo, Flamengo (do povoado Canal, em Barra dos Coqueiros/Convidado) e Santa Cruz (do povoado Aguilhadas).

As disputas davam-se em duas categorias: 1º e 2º quadros, com todos os jogos disputados na sede do município. O Santos sagrou-se campeão de ambas as categorias, enquanto o Flamengo do Canal ficou como vice do 2º quadro e o Guarany do 1º. Foi, digamos assim, a primeira competição institucionalizada realizada em Pirambu.

No ano seguinte a Liga Pirambuense de Futebol, ainda presidida por Roberto de Carvalho realizava a 2ª Taça Cidade de Pirambu, competição que tinha o patrocínio da Prefeitura Municipal de Pirambu, administrada a época pelo prefeito César Vladimir de Bonfim Rocha (PFL), do qual Roberto era secretário de Esporte, Lazer e Turismo.

Disputada por clubes locais: Santos, Guarany, Internacional, São Paulo, Clube dos 30 e Santa Cruz, todos os clubes se enfrentaram entre si. Nesta edição, Guarany venceu o 2º quadro e o 1º, sendo um vice-campeão do outro de forma invertida. “Foi um dos melhores campeonatos que já fez o Santos”, comentou emocionado Zé Bio, depois da vitória sobre seu ex-clube, o Guarany.

A partir de uma consulta junto a 20 desportistas locais, entre os dias 06 e 08/11/1988, a Tribuna divulgou a Seleção da Taça Pirambu, que ficou assim constituída:

  1. Ginaldo (Santos),
  2. Nenem (Guarany),
  3. Vaininho (Guarany),
  4. Ary (Clube dos 30)
  5. Mutuca (Santos),
  6. Zito (Guarany),
  7. Duda (Guarany);
  8. Dedinha (Santos);
  9. Nado (Guarany),
  10. Carlos (Guarany),
  11. Maciel (Guarany).

Os atletas Duda, Maciel, Calos e Vaininho (Guarany), Déda (Santos) e Ary (Clube dos 30) foram citados em todas as vinte listas. Os atletas Venta (Santos), Zé Bio (Santos), Jeep (Santos) e Gildinho (Guarany) apesar de não constarem da seleção do campeonato, foram muito bem posicionados nas listas.

Depois destas edições da Taça Pirambu, a Liga Pirambuense de Futebol dá uma trégua e só voltaria a realizar uma nova competição no final de 1991, concluindo no início de 1992. Nascia uma nova força no futebol local, o Pirambuense, mas esta será uma outra História que contaremos no próximo artigo.

Fontes:

Centro de Documentação Tribuna da Praia

Centro de Documentação Paulo Freire

_______________________________________

Por Claudomir Tavares (42) – Professor concursado da rede pública municipal em Pirambu, estadual em Propriá e do Pré-Universitário (SEED). Licenciado em História, com aperfeiçoamento e especialização em Gestão de Recursos Hídricos (todos pela UFS), especialização em Metodologia do Ensino Superior (Faculdade São Luiz de França) e Mestrando em Gestão Ambiental (Universidad San Carlos). Críticas e sugestões são valiosas: claudomir21@bol.com.br (79) 9917.0510!

Comente esta matéria | Clique aqui...

Voltar