INFONET: Servidores da Secretaria de Educação vão à Assembleia

27-05-2011 01:11

Merendeiras, vigilantes e oficiais de serviços básicos lutam pela aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Salários

“Nós somos educadores e não apenas serviçais”. A afirmação foi feita na manhã desta terça-feira, 24 por Luiz Carlos dos Santos, membro da Comissão Pró- funcionários do Estado que esteve na Assembleia Legislativa de Sergipe solicitando apoio dos deputados para a aprovação de um Plano de Cargos Carreira e Salários para merendeiras, vigilantes, oficiais e serviços básicos.

Segundo ele, a proposta do Plano de Cargos, Carreira e Salários foi enviada ano passado à Secretaria de Estado da Educação. “Só que até agora não conseguimos nenhuma resposta e estamos aqui pedindo apoio aos deputados estaduais em prol da nossa luta”, ressalta Luiz Carlos acrescentando que merendeiras, vigilantes, oficiais e profissionais de serviços básicos nunca tiveram o reconhecimento dos governantes.

Luiz Carlos disse ainda que são dez mil funcionários prejudicados com a falta do PCCS. "Existem leis que nos garante este direito a exemplo da Lei 12.014", complementa.

Por Aldaci de Souza/Infonet - Em: 24/05/2011

Voltar