DIA 15 DE ABRIL: Paralisação Nacional contra a PL das terceirizações e as MPs de Dilma!

10-04-2015 00:12

Em reunião nesta quinta-feira, 9 de abril, centrais sindicais convocam dia nacional de paralisação

Neste dia 8, a Câmara de Deputados aprovou o texto base do PL 4330 que regulamenta a terceirização no país. Trata-se de um dos mais graves ataques aos trabalhadores dos últimos tempos.

A aprovação aconteceu por ampla margem de votos (324 a favor e 137 contra), o que comprova o perfil deste Congresso de picaretas, cujos chefes Renan Calheiros e Eduardo Cunha, presidentes do Senado e Câmera respectivamente, estão sendo investigados pela Operação Lava Jato.  O Congresso não escondeu que é um antro de representantes dos empresários e representantes do sistema financeiro. Grande parte da patronal do país ocupava as galerias durante a votação.

O que é o projeto?

A PL das terceirizações representa um ataque brutal contra a classe trabalhadora brasileira. O projeto, se implementado, vai reduzir direitos e salários, dividir os trabalhadores e promover acordos coletivos diferenciados e ampliar as privatizações em todos os serviços públicos, uma vez que o governo vai preferir terceirizar a mão de obra (como ocorre descaradamente na Petrobras) ao invés de promover concursos.

Mas a terceirização tem outro objetivo que é dividir o trabalhador no seu local de trabalho, com diversos sindicatos representando uma mesma categoria. Muitos desses sindicatos, que representam exclusivamente os terceirizados, são criados pelos próprios patrões, o que é um ataque explícito à liberdade sindical do trabalhador.

A PL das terceirizações vai ajudar o governo Dilma em seu ajuste fiscal, ao lado das medidas provisórias 664 e 665 que restringem o pagamento das pensões por mortes, o PIS e o seguro desemprego.

Vamos botar o bloco dos trabalhadores na rua!

No final da tarde desta quinta-feira, dia 9, a CSP-Conlutas, CUT, CTB, NCST e Intersindical/CCT realizaram uma reunião e decidiram convocar uma Paralisação Nacional dos trabalhadores no dia 15 de abril, próxima quarta-feira.

A paralisação é contra o PL das terceirizações (PL 4330) e contra as MPs 664 e 665 do Governo Dilma.

fonte: http://www.pstu.org.br/node/21382

Voltar